sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Feliz Natal para Todos


Feliz Natal*Merry Christmas*Joyeux Noël*Feliz Navidad*God Jul*Saint Dan Fai Lok*Vrolijk Kerstfeest*Maligayang Pasko*Hyvaa Joulua* Milad Majid*Froehliche Weihnachten*Shub Naya Baras*Kala Christouyenna*Afishapa*E Ku Odun*Mele Kalikimaka*Mo'adim Lesimkha*Gledileg Jol*Boldog Karácsonyt*Selamat Hari Natal*Nollaig Shona Dhuit*Buon Natale*Kurisumasu Omedeto*Nollaig Chridheil Huibh*Mboni Chrismen*Sung Tan Chuk Ha*Linksmu Kaledu*Selamat Hari Natal*Meri Kirihimete*Craciun Fericit*Cestitamo Bozic*Vesele Vianoce*Nadolig Llawen*Pozdrevlyayu s Prazdnikom Rozhdestva*Zalig Kerstfeest*Webale Krismasi*Gajan Kristnaskon

sábado, 7 de novembro de 2009

Ausente em trabalho


Como já viram não tenho tido tempo para actualizar o blogue nem vou ter nos próximos tempos. O trabalho é mais importante e os poucos momentos livres tenho que dedicá-los à família. Por isso vou fazer uma pausa durante alguns meses. Quando puder regressar, dou notícias e conto com a colaboração dos amigos de outros blogues.

Talvez vos acabe por mandar umas fotografias de alguma das minhas viagens de trabalho e vos conte um pouco do que tenho visto e feito por terras de Sua Magestade, onde estive recentemente, e pela Áustria, para onde me vou deslocar na próxima semana.

Até ao meu regresso e obrigado pelos vossos comentários.

sábado, 24 de outubro de 2009

Balanço das Autárquicas

As eleições autárquicas de 11 de Outubro de 2009 deixaram algumas marcas importantes. A primeira e de maior significado foi a vitória de Rondão Almeida com uma das maiores maiorias do País. A segunda foi uma das maiores derrotas da coligação PSD e CDS, que o mesmo é dizer Cabaceira/Tiago Abreu. Como eu previa. Nada de novo, a não ser a dimensão da vitória de um e da derrota dos outros.

Rondão Almeida revelou-se esmagador. Como se sabe, a população está satisfeita com o seu trabalho e, por mais que a aposição tente queimar a sua imagem e por mais que diga que o que este Presidente faz é mau, a verdade é que a população já não vai em conversas e sabe analisar por si que a obra de Rondão Almeida tem sido boa e quis que assim continuasse.

A oposição PSD/CDS revelou que não tem credibilidade nenhum. Grande novidade! Isso tenho eu dito muitas vezes. Uma oposição que diz às pessoas que a obra é má, quando as pessoas veem e sentem que a obra é boa, só podia dar nisto! Só não viu o senhor dr. Simão das Dores - porque estava em Lisboa e foi iludido, ou então é tão fraco de sentido como os outros a quem se coligou.

Do Bloco de Esquerda nem vale a pena falar muito. Quem conhece o Luís Pedras não podia esperar dali um grande resultado eleitoral. E a equipa que aprentou não era nada melhor do que ele. CDU e Manuel António sabem que nada valem, mas tiveram que concorrer porque.. porque sim.

O que interessa é que o novo Executivo da Câmara faça um bom trabalho. E que o vereador da oposição, tanto o que vai tomar posse hoje (Simão das Dores) como o que o vai substituir daqui a algum tempo (José Júlio Cabaceira), não continuem na política destrutiva, da esperteza saloia, das queixas e da má língua. Espero que tenham aprendido com os resultados.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Regresso de Férias


Como se lembram, tive que interromper as minhas férias de Verão por causa de uma oportunidade de negócio importante, que veio a concretizar-se em mais um sucesso para a minha empresa.



Por isso, logo após o São Mateus, reiniciei as férias que tinha interrompido. Deu para descansar e para projectar novos desafios empresariais.



Fiz questão de regressar a Elvas no dia 11 de Outubro, a tempo de depositar o meu voto para as Eleições Autárquicas.

Devo adiantar que tenho o mail cheio de fotografias de campanha eleitoral, que me enviaram. Oportunamente vou comentar o resultado dessas eleições e, na medida do possível, vou publicar algumas das fotos.


sexta-feira, 25 de setembro de 2009

PENSE NO FUTURO DE ELVAS


O que vai estar em causa para Elvas no próximo domingo, 27 de Setembro?

Acha que o PSD e o CDS coligados, como estiveram há 4 anos atrás, serão melhores para Elvas do que o PS de Sócrates?


Acha que o Presidente da Câmara de Elvas conseguirá mais de Manuela Ferreira Leito do que conseguiu de Sócrates?


Acha que Rondão, que reuniu várias vezes com Sócrates nestes 4 anos, e nunca conseguiu reunir com Durão Barroso, Paulo Portas ou Santana Lopes, vai conseguir reunir com Manuela Ferreira Leite para resolver problemas de Elvas?


Será que uma Câmara como a de Elvas, que teve de recuperar os Paços do Concelho só com verbas da autarquia, enquanto que Portalegre recuperou os seus luxuosamente com dinheiro dado pelo Governo PSD/CDS, conseguirá mais apoio de Manuela Ferreira Leite?

Será melhor um Primeiro-Ministro progressista ou uma Primeira-Ministra ultra-conservadora?


Qual dos dois - Sócrates ou Ferreira Leite - será a favor do TGV e da Plataforma Logística e conseguirá criar mais empregos em Elvas?


Se foi o PSD de Cavaco Silva que fechou a maternidade de Elvas, em 1993, e Leonor Beleza fechou a maternidade de Sta. Eulália, acha que vai ser o PSD de Manuela Ferreira Leite que vai reabrir a maternidade de Elvas?


Acha que o PSD que queria transformar o Hospital de Elvas num Lar de Acamados, vai reforçar o Hospital se formar agora Governo, ou será mais seguro ficar com Sócrates que respeita Rondão Almeida e tem feito inúmeras obras naquela unidade hospitalar?


Será preferível ficar com um Primeiro-Ministro (Sócrates) educado e que nunca mandou calar os elvenses, ou passarmos a ter uma Primeira- Ministra (Ferreira Leite) que mandou calar os elvenses e nos tratou como "camaradas lá da fronteira"?

Será melhor reforçar o PS de Sócrates ou dar mais força à extrema-esquerda marxista (representada pela CDU e pelo Bloco de Esquerda) para influenciar a governação do País?


Será que não vale mais um Sócrates arrependido e que já foi castigado nas Eleições Europeias, do que outros que tudo prometem em tempo de eleições, mas que depois de eleitos sabe-se lá?


Pense bem o que está em causa no próximo domingo. Não se deixe enganar.
Pense bem e vá votar.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

O VENCEDOR DO DEBATE


Rondão Almeida foi o vencedor do debate realizado pela Rádio Elvas na passada sexta-feira. É essa a opinião unânime daqueles que ouviram a rádio nessa noite ou no sábado de manhã. Claro que aparecem sempre as opiniões contrárias do costume, vindas da mini-equipa que aconselhou o sr. Simão das Dores, candidato pela coligação PSD/CDS/Sindicalistas Radicais, a fazer tão deplorável figura.


Como é evidente, aqueles que aconselharam o sr. Simão das Dores a entrar no debate de forma agressiva e com dados claramente manipulados, não tiveram outro remédio senão clamar a vitória para o seu lado, caso contrário corriam o risco de o seu cabeça de lista debandar para Lisboa para não mais voltar, como, aliás, me parece que vai acontecer depois das eleições autárquicas.

Rondão Almeida portou-se como seria de esperar: com dignidade, chamando o seu adversário à atenção sempre que mentia ou deturpava a verdade. Mostrou-se profundamente conhecedor da realidade do concelho, o que também era de esperar, e, calro, mais uma vez ouvimos um político com uma inteligência e capacidade muito acima do comum.

Simão das Dores foi a negação do que normalmente é um candidato do PSD, mostrando claramente as influências profundas do CDS e do radicalismo sindical na estratégia eleitoral dessa coligação sem sentido. Este candidato desceu a um nível que mostra que o PSD em Elvas está num estado calamitoso, muito por culpa de quem o dirige actualmente. Mostrou uma falta de formação e de conhecimentos que é de bradar aos céus! Limitou-se à ofensa gratuíta e à política barata de quem sente um nervosismo exagerado para quem tem tão pouco a perder.

Luís Pedras, candidato pelo Bloco de Esquerda, portou-se com correcção e não me desiludiu no debate, ficando muito acima de Simão das Dores. Mas está muito abaixo daquilo que se deseja como vereador da Câmara Municipal de Elvas, independentemente de poder ser boa pessoa, mas não basta. Apesar disso acredito que faria melhor figura do que qualquer dos candidatos da Coligação PSD/CDS/Sindicalistas radicais.

De Manuel António Torneiro (MPT) e Pinheiro (CDU) nem vale a pena falar. Pura perda de tempo. Apenas os refiro por respeito à democracia.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Casa Cheia para Ouvir Rondão Almeida





Realmente esmagador! Aqui vos deixo as últimas fotografias que me enviaram referentes à apresentação das listas de Rondão Almeida em Vila Boim (na Praça da localidade) e na Terrugem (no salão do Centro Cultural). Como podemos ver, ambos os locais completamente repletos de pessoas a assistir.

Apesar de já ter constatado que a coligação PSD/CDS e STAL que existe em Elvas tem tentado copiar a campanha que Rondão Almeida fez nas autárquicas de há 4 anos, verifico que a disparidade de competência é tão grande que a dita coligação acaba por ser arrasada pelas multidões que Rondão Almeida arrasta de cada vez que organiza uma sessão de esclarecimento.

Mas acho que a distância de competência é ainda maior porque aquilo que o cidadão comum (como eu) sente é que Rondão Almeida fala com sinceridade e de peito aberto. Simão das Dores e os seus colegas de coligação falam sempre pela negativa, com ódio, com rancor e com alguma maldade e oportunismo à mistura. A população sente isso e sabe que um dos cabecilhas da coligação é Tiago Abreu, o pior que o CDS-PP alguma vez produziu, facto que só descredibiliza ainda mais o pequeno grupo.

Muito pior foi ter lido no blogue mais difamatório de Elvas que Simão das Dores, o cabeça de lista da Coligação PSD/CDS e Extrema Esquerda, tem estado toda a semana a preparar-se para o debate de amanhã na Rádio Elvas.

Adivinhem de que consta essa preparação intensiva: está a receber lições de Tiago Abreu, disse o próprio! Fantástico!... Um candidato que se vangloria de ser economista, pelos visto tem que se preparar durante uma semana para debater com Rondão Almeida, e ainda por cima precisa receber lições... e logo de um Tiago Abreu!

Será que Simão das Dores vai para o debate com a mesma postura mal educada e provocadora do seu "professor"? Será que vai basear-se na insinuação e na ofensa pessoal? Veremos, mas parece que a "lição" que está a receber não augura nada de positivo para o PSD.

domingo, 13 de setembro de 2009

Rondão Almeida com Multidões - Varche e Barbacena



A campanha autárquica do Rondão Almeida e da sua equipa continua a arrasar a concorrência, como se pode ver pelas verdadeiras enchentes que continua a ter nas sessões de apresentação de candidatos às Juntas de Freguesia.

As fotografias que me enviaram por mail são referentes a Barbacena e Varche. Nunca pensei que em freguesias tão pequenas Rondão Almeida conseguisse juntar estas multidões. Já começo a perceber porque dizem que o Presidente é uma "força da natureza"! Eu vi em Barbacena. Sim, estive lá para poder testemunhar o que aqui escrevo.

O senhor Rondão Almeida consegue discursar durante quase uma hora em cada local, mantendo o público em completo silêncio e com uma atenção que nunca tinha visto. Espantoso! Chego à conclusão que o senhor Presidente só faz campanha para se ir mantendo em forma!

Só estranho que tal não se perceba através das reportagens de rádio, nas quais as sessões dos vários partidos, apesar de terem diferenças tão grandes, são tratadas como se fossem iguais. Ressalvo a última reportagem do jornalista João Fernando em Barbacena, que teve a coragem de dizer que Rondão Almeida tinha tido mais de 300 pessoas a ouvi-lo. Na verdade, não disse mais do que a realidade que podemos constatar nas fotografias.

Já percebi que nesta campanha não contam os outdoors, nem os papéis que nos metem na caixa do correio. Na minha modesta opinião, se o PSD e o CDS não fizessem rigorosamente campanha nenhuma, teriam exactamente o mesmo resultado. Nem vale a pena cansarem-se porque a população já tem o seu voto mais do que definido. Nem sequer há indecisos.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

FOTOS DA CAMPANHA PS ELVAS




Tenho muito prazer em desmascarar aqui as falsidades que os senhores da Coligação PSD/CDS/sindicalistas do STAL andam a difundir sobre as campanhas dos outros partidos em Elvas.

Deixo claro que vou votar em Rondão Almeida, sobretudo pelo trabalho feito e porque não vejo nem nunca vi no nosso Concelho alguém que alguma vez tenha conseguido fazer mais e melhor do que este Presidente. Mesmo que os candidatos dos outros partidos não fossem tão fracos como são, eu continuaria a votar em Rondão Almeida, sendo ou não socialista.
É justo que votemos em quem deu provas de saber trabalhar e de fazer tudo para desenvolver a terra onde habitamos e que nos viu nascer.

Posto isto, publico aqui algumas fotografias da apresentação que Rondão Almeida fez das suas listas nas Freguesias de Santa Eulália e São Vicente. Esclareço também que as mesmas me foram enviadas porque as pedi à referida candidatura, pois entendi que era necessário desmascarar as falsidades que o senhores Simão das Dores e Tiago Abreu andavam a difundir. Detesto a mentira e as manipulações com base em "esquemas" para enganar o povo.

A apresentação em Santa Eulália foi feita ao ar livre, no largo em frente à Igreja Matriz. A apresentação em São Vicente foi feita no salão da Junta de Freguesia. Ambos os espaços tiveram uma enchente surpreendente para ouvir Rondão Almeida.

Quem viu as fotografias, mesmo que manipuladas, das apresentações do MUDE, consegue ver claramente a diferença que já existe e que tende a aumentar com o avanço da campanha.

Por mais comunicados com falsidades, por mais posts e comentários ofensivos que Tiago Abreu e os seus colegas de coligação de extrema-direita com extrema-esquerda façam, nós Elvenses sabemos bem onde está a verdade e onde está a razão. E sabemos também onde está o trabalho feito e os papagaios que só falam sem nada saber.

Um bom exemplo foi o sr. Simão Dores a falar do TGV... Nem sequer sabia por onde passava o comboio que liga Lisboa a Elvas!! Que pobreza de candidato!... E o dito senhor apresenta-se como "gestor", "economista" e "empresário"! Mais valia que se apresentasse como analfabeto... pelo menos sempre havia uma desculpa para tanta ignorância!

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

PSD: "SUSPENDEREMOS IMEDIATAMENTE O TGV"



Manuela Ferreira Leite afirmou ontem, durante a apresentação do programa eleitora do PSD, que se o seu partido vencer as eleições legislativas o projecto do TGV será suspenso "imediatamente".

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

MENTIRAS SEGUIDAS


O sr. Simão das Dores candidata-se à Câmara de Elvas e começa já a mentir na campanha, demonstrando uma falta de respeito para com os eleitores que é de bradar aos céus.


O blogue criado pela Coligação PSD/CDS/e membros do STAL, encabeçada pelo sr. Simão Dores está cheio de truques, assim como cheias de truques são as suas atitudes:


- Tentam passar a imagem de que foram os primeiros em tudo, mas agora chega-se ao dia de apresentar as listas e são os últimos, porque MPT, Bloco de Esquerda e PS já apresentaram de manhã, a CDU também já entregou e os senhores do PSD/CDS continuam atrapalhados com falta de papéis e, sobretudo, com falta de candidatos. Claro que isto não aparece no blogue do sr. Dores.


- Em Julho o sr. Simão das Dores anunciou que ia apresentar as listas todas no Cine-Teatro, mas como chegou à data e não as tinha prontas (no dia de hoje, o último para apresentação no Tribunal, aindanão estão prontas!), resolveu dizer que afinal só ia apresentar os cabeças de lista às freguesias urbanas


- Tentam dizer que fazem grandes sessões nas freguesias, e metem as fotografias no blogue. Ora vamos ver... Na primeira fotografia de mesa de honra (em Vila Fernando)meteram lá o sr. Vieira Comunista e ninguém do PSD nem do CDS. Em Barbacena o Sr. Vieira foi corrido para fora da mesa.


- As fotografias da mesa aparecem de frente e em grande.

As fotografias da assistência aparecem de costas e em tamanho minúsculo para que não se veja que, afinal, são sempre as mesmas pessoas que andam atrás do sr. Dores para encher a sala, e têm que ir de Elvas, porque nem os candidatos locais lá aparecem.


- O sr. Simão das Dores disse em entrevista ao Linhas de Elvas que era contra os grandes investimentos públicos, que a Plataforma Logística e o TGV não eram uma prioridade.

Agora colocou um outdoor na rotunda junto ao Lidle a dizer que é a favor da Plataforma Logística.


- O sr. Simão das Dores mete um outdoor a defender a Revitalização do Centro Histórico, mas mete cartazes seus encostados a fontes históricas e a sujar todo o Centro Histórico de Elvas, atados à sinalética rodoviária e turística indicativa (proibido por lei!), e permite que o PSD mantenha aquele outdoor vergonhoso na Praça 25 de Abril em frente à lindíssima fonte.


- O sr. Simão Dores mete outdoors a dizer "mais emprego para os jovens", mas acha que o TGV e a Plataforma Logística não são prioritárias.


- O sr. Dores anda pelas festas das freguesias, mas não diz no seu blogue que as pessoas o repelem, que o mandam ir cantar para outro lado, que lhe dizem "Aqui não cola os seus autocolantes!", "Mas anda aqui a fazer o quê?!", "Desta vez o Rondão dá-vos 7 a Zero!"

Lembro que quando Rondão Almeida reapareceu em Elvas, em 1993, para fazer campanha, as pessoas acarinhavam-no.


- O sr. Dores meteu um cartaz seu atado a um outdoor do PS e só o tirou porque os socialistas invocaram a lei e exigiram que ele o retirasse.


- O sr. Dores diz-se sério, mas manda colar cartazes à porta da sede da campanha do PS.


- O sr. Dores diz que tem uma sondagem que lhe dá um bom resultado, mas não diz que aquilo não é sondagem nenhuma, mas sim um blogue que criaram para fazer fretes a quem der mais, e sem qualquer credibilidade técnica ou científica.


- O sr. Simão Dores, assim que a Câmara de Elvas começou as obras de renovação do Largo da Misericórdia, mandou meter lá uma faixa a dizer que é dinheiro mal gasto. Assim que leu num blogue uma pessoa a dizer que se devia fazer de outra maneira, o sr. Dores emitiu um comunicado a dizer que se deve fazer dessa outra maneira, já não se importando se isso é dinheiro mal gasto.


- O sr. Dores diz que tem muitos candidatos, mas quando chegar a hora de, finalmente conseguir apresentar as listas possíveis, vão ver pessoas repetidas em mais do que um órgão, listas com o número mínimo de a lei exige... e ainda vão ter o descaramento de copiar o discurso e as declarações de Rondão Almeida sobre as listas!


- O sr. Dores voltou para Elvas e formou a "ADE- Associação para Desenvolver Elvas". Dizia esse senhor há um ano atrás que não tinha nada a ver com política e que não se metia nisso. Passados alguns meses, é o candidato PSD/CDS com o STAL à mistura. Os verdadeiros PSD e CDS de Elvas nunca se vão poder rever numa miscelânea destas. Até na Terrugem tiveram que ir buscar o anterior candidato do Partido Comunista!


O Sr. Simão das Dores, num dia diz uma coisa, no dia a seguir diz outra. É isto o mentiroso compulsivo! Nunca se cansa de não ter palavra.


Fiquem descansados que amanhã há mais.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

OS OPORTUNISTAS


Texto enviado por um leitor:
"A Rosa Maria é uma PARTEIRA com letra maiúscula, que não se deixa enganar pelas estratégias falsas e oportunistas de um Tiago Abreu e Cabaceira, assim como de um Vieirinha.

Quem é que conhecia antes o sr. Francisco Vieira? Antes disso nunca tinha sido convidado para escrever nem num jornal de caserna, depois disso passou a ser cronista do Linhas e hoje é candidato da coligação da Direita.

Quem conhecia o José Júlio Cabaceira? Era um membro do PSD de Elvas completamente apagado e sem importância nenhuma. Depois disso correu com o Eurico e meteu-se a ele no poleiro.

E o sr. Simão das Dores? Apareceu a dizer que vinha fazer uma associação (lembram-se da ADE?!) independente e que defendia a maternidade. Meses depois aparece como candidato à Câmara pelo PSD/CDS e STAL/CGTP-Intersindical...

É verdade Rosa Maria, viu muito bem! Esses senhores serviram-se da Maternidade e serviram-se de si e do estimado dr. Melo e Sousa para ganharem protagonismo político.

E ainda continuam a usar o caso da maternidade para fazer politiquice e para virem afrontar quem trabalha no Hospital e quem dedicou a sua vida à maternidade.

Toda a gente sabe que o Presidente Rondão Almeida é um dos políticos mais respeitados e mais fortes a nível nacional, e não conseguiu evitar o encerramento da Maternidade.


NINGUÉM no seu perfeito juízo acredita que esses senhores do PSD e do CDS de Elvas conseguirão reabrir a maternidade ou fazer alguma coisa pelo Hospital. Que garantias tiveram alguma vez do Paulo Portas ou da Ferreira Leite? Nenhumas, porque é impossível!

Lembro-me que foi Leonor Beleza, Ministra da Saúde do PSD, que fechou centenas de Maternidades no nosso país, incluindo a de Sta. Eulália.

Também me lembro que foi Cavaco Silva (PSD) e depois Durão Barroso (PSD/CDS), que quiseram transformar o nosso Hospital num lar de acamados.

Rondão Almeida já conseguiu alterar tudo isso, fazendo os centros de acamados FORA do Hospital.

Foi Rondão Almeida que garantiu que as funcionárias continuariam a trabalhar no Hospital e a ganhar o seu ordenado trabalhando na saúde. E só o conseguiu porque é um homem forte e respeitado. Mais ninguém conseguiria tal coisa, muito menos esses fala-barato desses oportunistas de direita aliados aos comunistas do STAL.

Espero que vos tenha ficado claro, senhores do MUDEzinho: os vossos outdoors "maravilha" não enganam os Elvenses.


Um abraço ao sr. Patrício Baena e aos leitores do blogue Elvas Melhor,
Francisco Luís Alvarinho"

Texto de um leitor sobre um comentário da Parteira Rosa Maria a propósito do outdoor que o PSD/CDS colocou à porta do Hospital de Sta. Luzia dizendo que ia reabrir a maternidade, numa clara afronta a quem trabalha naquela instituição. Claro que Rosa Maria Abrunheiro, como centenas de pessoas no Hospital, não se deixaram enganar pelas falsas promessas daqueles que agem com irresponsabilidade política.

sábado, 8 de agosto de 2009

O Elefante com medo do Ratinho?


A vida de empresário não perdoa. Tive que interromper as minhas férias hoje e regressar a Elvas para não perder uma excelente oportunidade de negócio. Vale a pena, porque assim consigo melhores resultados para a minha empresa e ajudo ao desenvolvimento do nosso Concelho, colaborando com o bom trabalho que a Câmara tem vindo a fazer para apoiar o mundo empresarial.

Voltei a Elvas com a minha família, esperando poder retomar as férias logo que seja possível, até porque as crianças continuam em pausa lectiva.

Voltei hoje e ainda não tinha desfeito as malas já me estavam a contar as novidades.

Nomeadamente, a tal novidade dos "abraços" de um amigo (chamemos-lhe Ratinho) a outro "amigo" (chamemos-lhe Elefante Fanfarrão). Ficção ou não? Talvez. Mas lá que mete graça, isso mete.

Hoje não posso perder muito tempo com essas coisas menores, mas não posso deixar de dizer que por uma destas é que eu não esperava; embora reconheça que quando um Elefante Fanfarrão ofende toda a gente da maneira baixa e indigna como o faz, desafiando e provocando o Ratinho, tem que haver consequências - ou alguém o mete no Tribunal da selva, ou faz justiça pelas próprias mãos (o mais incorrecto), ou lhe dá uns abraços !

Ouvi também dizer que o abraçado rejeitou os abraços e se meteu a fugir e a gritar pela rua fora. Não sei se é verdade porque não assisti, mas parece-me uma atitude pouco digna de um Fanfarrão que enche o peito a dizer que ninguém lhe mete medo, que é o mais corajoso por escrever asneiras na selva e dizer as baboseiras que lhe vêm ao cérebro miniatura, e que chama cobardes a todos os que lhe viram as costas porque não lhe ligam importância!

Já parece aquela do tipo todo musculado e tatuado, que se mete em cima de uma mesa quando vê uma aranha ou um ratinho... Grande cena! Afinal onde está o cobarde?!

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Vou de Férias


Vou hoje de férias, pelo que nas próximas semanas não vou escrever no blogue, a não ser que algo excepcional me faça voltar ou as saudades dos leitores sejam insuperáveis.

Espero que todos os meus amigos também tenham oportunidade de ter as vossas férias e que decorram da melhor maneira.


Boas férias a todos e até ao meu regresso.

terça-feira, 28 de julho de 2009

PSD E CDS DE ELVAS COM SALA VAZIA


Os MUDEs (PSD, CDS e sindicalistas do STAL, identificado com o Partido Comunista), completamente inconscientes e movidos pelo ódio pessoal a Rondão Almeida, decidiram fazer uma mega apresentação de todos os candidatos dessa Coligação no Cine-Teatro.

Entretanto foram constatando nos contactos e convites que faziam a pessoas para integrar as listas, que as recusas eram sucessivas. Chegaram à véspera do dia marcado para o evento sem as listas completas e decidiram apresentar apenas os cabeças de lista às Freguesias urbanas de Elvas, quando nem essas estavam prontas.

Na sexta-feira anterior, os MUDEs tinham assistido sorrateiramente à apresentação dos candidatos que acompanham Rondão Almeida, perante uma multidão de fazer calafrios.

A diferença não podia ser maior: um amigo meu que se deslocou ao Cine-Teatro para saber quais eram as ideias deste PSD e CDS de Elvas, ficou estupefacto! Na plateia assistiam menos de 30 pessoas, as do costume. Nem os candidatos, como o cabeça de lista a Caia e S. Pedro, se dignaram a comparecer. Qualquer militante do PSD se afastaria de um Partido que agora passou a ser dirigido por um comunista.

Rondão Almeida arrasta multidões.
Simão das Dores afasta as pessoas.

Rondão Almeida apresentou as listas completas.
Simão das Dores apresenta cabeças de lista às pinguinhas.

Rondão Almeida enche o CNT e a Praça da República.
Simão das Dores nem enche a sala do Grémio.

Rondão Almeida sabe o bom trabalho que tem feito.
Simão das Dores não se toca!

Rondão Almeida tem um espectáculo de sede de campanha.
Simão das Dores afronta os socialistas a colar cartazes mesmo à porta do vizinho, porque não lhe chega o Beco de Penas.

Rondão Almeida tem espírito de vencedor.
Simão das Dores é tão mau como Tiago Abreu. Nem merecem a Pena...



P.S. - Mais uma vez estranho que a Rádio Elvas não tenha colocado no seu site as fotografias da inauguração da sede de campanha de Rondão Almeida, mas tenha colocado as do MUDE. Também estranho que hoje tenha colocado no site as fotografias da apresentação dos candidatos do MUDE (mas se tenha esquecido de colocar as fotografias da sala vazia) quando não colocou as fotografias da apresentação dos candidatos do PS. MUITO ESTRANHO!...

domingo, 26 de julho de 2009

MULTIDÃO NO APOIO A RONDÃO ALMEIDA

Multidão encheu a Praça da República como nunca se viu!

Cerca de 20 artistas de Elvas actuaram para saudar Rondão Almeida. Destaco João Maria Carvalho, pela expontaneidade e encanto com que apelou ao apoio ao seu Presidente.


Pessoas de todas as idades e de todas as áreas políticas estiveram presentes
Até a esplanada do Grémio estava cheia de gente para assistir à grande festa.

Até as escadarias do Turismo e da Casa da Cultura tinham gente apinhada.


Outro aspecto da multidão...
Gente de todos os lados da Praça e por todo o lado! Incrível!

Até nas protecções de entrada do parque subterrâneo havia jovens a assistir de mais alto!
Muita juventude, foi a tónica presente nesta sessão do PS.
O parque de estacionamento subterrâneo, com quase trezentos lugares,
estava completamente cheio, até ao terceiro piso.

Dr. Carlos Pernas, o cabeça d lista do PS às autárquicas, a discursar pela primeira.


O mandatário, Dr. Moura Fernandes, e os cabeças de lista às Juntas de Freguesia, atrás do
candidato a Presidente da Assembleia Municipal de Elvas.


Rondão Almeida, discursou empolgadamente e de forma bastante vigorosa,
com a esposa ao lado.


Numa enorme demonstração de força, vigor e espírito vencedor, Rondão Almeida apresentou os candidatos que o acompanham às próximas eleições autárquicas no Concelho de Elvas, perante uma multidão que encheu por completo a Praça da República da nossa cidade.

Um leitor deste blogue enviou-me as fotografias que agora publico, com o seguinte comentário:

"Caro amigo Patrício,

Aqui lhe envio algumas das fotografias que tirei na passada sexta-feira, dia 24 de Julho, na inauguração da sede de candidatura de Rondão Almeida e na apresentação dos candidatos do PS às eleições autárquicas, para que todos os elvenses possam testemunhar como a população do nosso Concelho apoia massivamente o homem e a equipa que tanto têm feito pelo desenvolvimento da nossa terra.

Só não percebo porque é que alguma comunicação social que publicou reportagem fotográfica da abertura da sede de campanha de um certo partido da oposição, não o fez em relação a esta, assim como não entendo porque têm os jornalistas medo de dizer e escrever que foram milhares, concerteza mais de 5 mil pessoas as que encheram por completo a maior praça de Elvas para ouvir e aplaudir Rondão Almeida e Carlos Pernas.

Parece que a prática da intimidação sorrateira e do achincalhamento que os responsáveis do PSD e CDS de Elvas praticam nos seus blogues contra a comunicação social elvense tem vindo a produzir os seus resultados! Contra isso, aqui ficam as fotos, se o meu amigo também não tiver medo de as publicar...

Mário Feliciano Guimarães"

domingo, 19 de julho de 2009

CONTAS FURADAS


"Há menos de dois meses, em 4 de Maio, no Hospital de Santa Luzia, abriu a Unidade Funcional de Diabetes, da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano.

Esta Unidade Funcional de Diabetes recebe doentes de todo o Distrito de Portalegre e ainda de alguns concelhos do Distrito de Évora, como sejam Estremoz, Borba, Vila Viçosa e Alandroal.

Ou seja, os diabéticos da nossa região passaram a ter uma unidade de internamento, através de duas enfermarias, num total de seis camas, três para homens e três para mulheres.

O Hospital de Santa Luzia continua de pé.
No ano passado, tivemos uma reunião da Assembleia Municipal com um cartaz de falava em “Perigo de Derrocada”.

Quem tinha medo dessa derrocada enganou-se.

O Hospital não apenas não caiu, como aparece aos olhos da opinião público cada vez mais eficiente e bem equipado, em termos humanos e de material.

Desde Maio, os diabéticos têm internamento no Hospital de Santa Luzia.
Ainda bem!
O que só quer dizer que o Hospital está de boa saúde e recomenda-se.

Pelo vistos, em termos de queda, nem um bocadinho de caliça.
Quanto mais derrocada.

Uma palavra de muito apreço para todos aqueles que contribuíram para mais este passo em frente.

Aqueles que inquietaram a população, mais uma vez se mostraram injustificadamente alarmistas."


Luís Ribeiro
Intervenção na Assembleia Municipal

quarta-feira, 1 de julho de 2009

A Cigarra e a Formiga


Um leitor enviou-me vários textos de intervenções na última Assembleia Municipal de Elvas. Aqui vos deixo hoje o primeiro:

"A Câmara Municipal de Elvas reduziu dois pontos percentuais (de cinco para três por cento) na participação variável de IRS, o que corresponde a uma diminuição de dois pontos que se reflecte na respectiva colecta líquida das deduções dos contribuintes.

Esta medida é destinada aos contribuintes com domicílio fiscal no Concelho, estando avaliada em 231 mil euros por ano.
Ou seja: os Elvenses vão pagar menos 231 mil euros de IRS, no próximo ano.

Registe-se que a contribuição anual da Câmara Municipal na redução de impostos e taxas aos seus munícipes já atinge 726 mil euros:
- 335 mil euros em IMI
- 231 mil euros em IRS
- 110 mil euros em Derrama
- 30 mil euros em água
- e 20 mil euros em licenças de obras.

Do programa “Família Mais”, vamos falar mais à frente.
Ainda assim, adianto que o “Família Mais” vai ter um custo anual estimado entre 380 e 400 mil euros, contemplando:
- apoio à natalidade;
- apoio a famílias numerosas;
- e transporte em autocarros municipais e famílias que queiram passar um dia na praia.

O conjunto de apoios sociais que a Câmara Municipal de Elvas tem em vigor, representa um valor anual de três milhões 726 mil euros.

Deixem-me fazer uma conta fácil.
No Concelho de Elvas, a Câmara Municipal investe mais de 10 mil euros por dia em programas sociais!

Por fim, uma outra referência: a Câmara Municipal aprovou o programa FINICIA – FAME, de apoio a micro e a pequenas empresas, no valor de 500 mil euros, ao qual as empresas podem recorrer beneficiando de período de carência de um ano, com um período de seis anos para amortização do capital pedido.

Num período de crise mundial, a Câmara Municipal de Elvas, porque soube gerir em tempo oportuno, tem recursos financeiros para estes programas sociais.

No Verão, na altura de cantar, as cigarras ouvem-se mais.
Mas no Inverno, quando a falta de comida aparece, só as formigas trabalhadoras têm o buraco cheio de comida."

Rui Jesuino

terça-feira, 30 de junho de 2009

Granadeiro Confronta PSD




O Presidente da PT, Dr. Henrique Granadeiro, veio meter a Presidente do PSD em sentido, quanto às suspeições que a Dra. Manuela Ferreira Leite levantou sobre o negócio da PT com a Prisa, envolvendo a TVI.


Claro que ao PSD interessa manter a TVI na perseguição vergonhosa ao Primeiro-Ministro Eng. José Sócrates. Isso todos percebemos, mas devia ter mais cuidado com os seus rabos de palha, pois o PSD fez das boas quando esteve no Governo da Nação.


Granadeiro disse na edição d hoje do jornal "i":

"Fiquei de facto muito surpreendido com as duas intervenções da senhora presidente do PSD. Primeiro com a sua preocupação da defesa dos accionistas da PT, pondo em causa o interesse de um negócio que não se fez e cujos termos não conhecia. Depois pelo receio de a PT poder vir a intervir na autonomia editorial de um grupo de comunicação social", esclareceu o chairman da PT.


Mas Henrique Granadeiro, conhecido militante do PSD, ainda acrescentou, entre muitas outras coisas: "Já parecem esquecidas as tentativas de intervenção do governo do PSD na Lusomundo Media, que levaram à minha demissão", recordando a sua saída, em 2004, da presidência executiva da subholding do grupo PT (a Lusomundo Media) que agrupava os meios de comunicação então detidos pela operadora - TSF, "DN", "JN", "24horas" e "Tal&Qual".


Pois é Dr. Granadeiro, a Dra. Ferreira Leite começou com muita seriedade e decência mas, ou já foi "corrompida" pelo sistema e transformou-se numa demagoga, ou anda a comer muito queijo.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Academia de Dança


O sucesso da Academia Municipal de Dança de Elvas ficou demonstrado no passado sábado, 27 de Junho, no anfiteatro de ar livre do Jardim Municipal.

A numerosa assistência pude assistir ao espectáculo de encerramento das actividades lectivas de 2008/2009 dessa academia sob a direcção artística da professora de dança Maria Abreu.

Crianças a adultos que frequentam a Academia mostraram os seus dotes artísticos num belo espectáculo. a alguns ainda falta melhorar a qualidade técnica, mas já é possível perceber a evolução em relação ao ano anterior, deixando boas perspectivas para o futuro.

Apenas o número de alunos me parece reduzido, cerca de 50, para o investimento que a Câmara estará a fazer na actividade. Não será tempo de pensarem em algumas actividades que promovam a dança junto da população, procurando novos aderentes?

Talvez também fosse bom haver alguma alteração de horários que permita às crianças e adultos frequentarem as aulas mais tarde, pois verifiquei que alguns se queixam que há horários que coincidem com o período em que os potenciais participantes (ou os seus pais, no caso das crianças) estão a trabalhar.
Deixo as sugestões positivas.

domingo, 28 de junho de 2009

NOTÍCIA DE ÚLTIMA HORA


A Dra. Elsa Grilo não irá continuar como Vereadora da Câmara de Elvas, segundo rumores que ouvi esta manhã enquanto tomava café com um grupo de amigos.

Parece que problemas de saúde com alguma gravidade a estão a fazer afastar do cargo que ocupa desde Outubro de 2005, e até limitando as suas funções.

Uma boa notícia para a oposição. Infelizmente para a política elvense, os seus adversários políticos vão ficar livres desta combatente diária que, na minha opinião, muito tem pugnado pelos elvenses.


sábado, 27 de junho de 2009

Eleições Marcadas


Cavaco Silva marcou hoje as eleições legislativas para 27 de Setembro. O Governo tinha comunicado ontem ao Presidente da República a intenção de marcar as eleições autárquicas para 11 de Outubro, decisão que tomará no Conselho de Ministros de quinta-feira.

Depois de o PSD ter feito a fita de dizer que as duas eleições deviam ser em simultâneo, a verdade é que vão ser em datas diferentes. Em Elvas esta decisão de Cavaco Silva é um revés para as intenções da coligação que une o PSD, o CDS e o Sindicato da CGTP. Mas, coloco a mim mesmo duas dúvidas.

Será que Manuela Ferreira Leite não combinou isto com o Presidente da República para que ele tomasse esta decisão na tentativa de provar que não está colado ao PSD, já que essa colagem tem sido mais do que evidente nos últimos tempos?

Será que o PSD não estaria a tentar ganhar votos dos eleitores menos esclarecidos, com a conversa da crise e de que não se deve gastar dinheiro em eleições, submetendo a democracia à questão economicista? Será que isto não nos diz o que seria um hipotético governo do PSD? Basta lembrarmo-nos do que foi o estilo e o trabalho de Manuela Ferreira Leite enquanto Ministra das Finanças. Muito diferente daquilo que agora quer aparentar.

Dizem que Sócrates aprendeu a lição com o resultado das eleições europeias. Será que Manuela Ferreira Leite aprendeu a lição com o resultado da sua última passagem pelo governo? Em Setembro saberemos quão curta é a memória do povo.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Câmara de Elvas Baixa IRS


Porque continua Rondão Almeida a apostar na política social? A resposta natural é: porque os cidadãos precisam mais em tempo de crise, como aquela que se vive no mundo, e que, embora em menor escala, acaba por afectar também os elvenses.

Na realidade só é possível fazer política social quando se sabe gerir bem, caso contrário não teria verbas disponíveis para apoiar os cidadãos. Ora, Rondão Almeida tem feito as duas coisas de forma exemplar - sabe gerir e tem uma forte política social implantada, com programas pioneiros a nível nacional.

Li hoje no site da Rádio Elvas a notícia sobre as novas medidas que a Câmara de Elvas aprovou, dando continuidade a acções como o apoio na ocupação dos desempregados, o Cartão da Idade de Ouro, os Centros de Férias para as crianças, o pagamento dos medicamentos e transportes aos idosos, os apoios em livros, refeições e materiais escolares aos alunos do Concelho, programas como o OMTJ e o OMTL, a redução da tarifa de água para as famílias numerosas, e muito mais.

Aqui fica, então a notícia mais recente:
"Na sua reunião quinzenal pública desta quarta-feira, 24 de Junho, o executivo da Câmara de Elvas avançou com a criação do programa social "Família Mais”.

Nos termos da iniciativa municipal, as famílias do concelho de Elvas com rendimentos anuais inferiores a 8 mil euros terão direito a um apoio de 500 euros aquando do nascimento de um filho.

No primeiro ano de vida das crianças, a Câmara vai disponibilizar montantes para aleitamento e fraldas, assim distribuídos: 70 euros mensais para famílias com rendimentos anuais até 2920 euros; 60 euros para agregados com rendimentos até 5841 euros; e 10 euros/mês para as famílias que recebam até 8761 euros por ano. O presidente Rondão Almeida estima que, com esta medida, "sejam abrangidas cerca de 90% das famílias do concelho de Elvas”.

Ainda no âmbito do programa "Família Mais”, o município passa a conceder às famílias com três ou mais filhos um desconto de 50% sobre as tarifas e preços de acesso aos diversos equipamentos camarários.

Noutra vertente, as medidas agora aprovadas pela Câmara de Elvas contam com a criação de um fundo financeiro de 500 mil euros, destinados a apoiar as micro e médias empresas do concelho, no sentido de melhorar os seus produtos e serviços. Este fundo, cujo protocolo será celebrado em breve, junta o município elvense, a Banca, o IAPMEI e a Associação de Desenvolvimento ADRAL.

Por outro lado, a Câmara de Elvas vai prescindir de 2 dos 5% da receita de IRS a que tem direito, "ficando esses 2 por cento no bolso dos contribuintes” , conforme referiu Rondão Almeida."

Parabéns à Autarquia por estar ao lado dos seus munícipes quando estes precisam.

terça-feira, 23 de junho de 2009

COPIAR É FEIO!


A coligação PSD/CDS de Elvas demonstra uma grande falta de imaginação ao tentar copiar a última campanha eleitoral do PS. Foi por estas e por outras que me afastei desses partidos, já que passaram a ser liderados na nossa cidade por gente com o cérebro do tamanho de um amendoim.

José Júlio Cabaceira (sim, o do PSD!) e Tiago Abreu do CDS, viram as campanhas anteriores de Rondão Almeida e devem ter ficado tão fascinados que julgaram estar aí a chave do sucesso dos socialistas. Só mesmo naquelas cabecinhas... Perante esse fascínio, decidiram que este ano iriam fazer campanha igual, mas sem que primeiro perdessem algum tempo a analisar a coisa mais a fundo e nem sequer se deram ao trabalho de estudar o calendário.

Ouviram Elsa Grilo na semana passada a comentar na Rádio Elvas que o PS iria em breve apresentar as listas, após o lançamento do seu cabeça de lista, e vai daí que Cabaceira e Tiago chamam Simão das Dores de urgência e decidem: "para quê inventar se podemos copiar!? O PS sempre apresentou os cabeças de lista às autárquicas, nós tomámos nota de tudo o que eles fizeram em 2005, agora é só fazermos o mesmo."

Mas esta gente não sabe que copiar é feio?!
E mais feio ainda é copiar mal!

Veremos as diferenças entre um que agrupa multidões e outros que reunem os familiares e meia dúzia de amigalhaços. Mais diferenças estarão para vir certamente, mas a primeira viu-se já na apresentação dos próprios cabeças de lista: o MUDE apresentou-o cedo demais e não conseguiu mobilizar ninguém; ao passo que Rondão Almeida apresentou a sua candidatura com alguns dois mil apoiantes que até pagaram para estar presentes.

Tiago e Cabaceira, com Simão das Dores e Vieira à mistura, estão cegos pela ânsia de poder e pela obcessão de perseguir um homem, não conseguindo ver que o sucesso das campanhas eleitorais de Rondão Almeida não está na forma, está no conteúdo!

Explico melhor para eles perceberem: a fórmula do sucesso de Rondão não está no programa de campanha, está no líder, no candidato. Enquanto não perceberem isso, o PSD e o CDS de Elvas podem continuar a copiar o que os socialistas já fizeram antes, mas continuarão a ter o mesmo resultado dos últimos 16 anos - minoria absoluta.

Adubo para estes cérebros minúsculos, precisa-se!

quinta-feira, 18 de junho de 2009

TGV É ESSENCIAL PARA SÓCRATES E PARA ELVAS

O Primeiro-Ministro José Sócrates continua a considerar que o TGV é essencial para o futuro do país, que deve avançar, embora deixe as decisões de adjudicação para o próximo Governo, a pedido do PSD e de acordo com as recomendações do Presidente da República Cavaco Silva.

Em entrevista concedida ontem à SIC, Sócrates considera o TGV da maior importância para o relançamento da economia portuguesa, porque em altura de crise os Governos devem avançar com obras públicas que possam estimular os agentes económicos e, simultaneamente, preparar um país periférico como o nosso para o futuro, ligando-o às grandes redes transeuropeias.

Respondendo aos que criticam o facto de o investimento vir a ser pago também pelas futuras gerações, o Primeiro-Ministro comparou o projecto do TGV à Ponte 25 de Abril:
«Estou sinceramente convencido que o país cometerá um erro terrível e que as gerações futuras se arrependerão se não avançarmos com o TGV», disse, em entrevista àquele canal de televisão.
À mesma questão, José Sócrates respondeu sem hesitação: «Acha que foi um erro ter feito a Ponte 25 de Abril? Também foi paga ao longo de várias gerações. E ainda bem que foi feita. É o mesmo com o TGV, várias gerações futuras vão usá-lo».

Posso discordar de algumas medidas deste Governo ou até da forma como certas políticas foram implementadas. Posso até nem gostar deste ou daquele Ministro, como é o caso de Mário Lino, com quem não simpatizo particularmente, mas concordo totalmente com esta posição do Primeiro-Ministro.

É um tema que já se arrasta há 15 anos, os projectos estão feitos, os estudos foram executados, o concurso público internacional foi lançado e há fundos comunitários especificamente disponíveis para fazer esse investimento, fundos esses que Portugal vai perder caso desista do TGV.

O TGV é essencial para o país e para os elvenses.

A decisão agora fica nas mãos dos portugueses e dos elvenses, já que a decisão de adjudicação será tomada pelo próximo Governo.

Ficámos a saber que o PS quer construir o TGV e, se formar Governo, avançará com a obra.
Também já sabiamos que o PSD, e suponho que também o CDS que com se coligaria, não quer o TGV e, se formar Governo, não vai fazer a obra.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

MAIS DE MIL NO LANÇAMENTO DA RECANDIDATURA DE RONDÃO ALMEIDA


Rondão Almeida vai lançar a sua recandidatura à presidência da Câmara Municipal de Elvas no próximo sábado, dia 20 de Junho, pelas 20 horas, no Centro de Negócios Transfronteiriço, segundo anúncio que ouvi e vi na comunicação social desta cidade raiana.

Também pelo que ouvi já mais de 1.000 pessoas, de todas as tendências políticas, compraram bilhete para estarem presentes nesse acto, que decorrerá com jantar. Vou ver se convenço a minha mulher a disponibilizar tempo para ir, pois gostava de ouvir o discurso do candidato ao vivo, de sentir o ambiente e de trazer algumas fotografias da enchente para vos mostrar aqui no blogue.

Já em 23 de Maio, o candidato pela coligação PSD-CDS, António das Dores, apresentou a sua candidatura, numa conferência de imprensa realizada no Grémio da cidade de Elvas, mas ouço rumores de que estará com dificuldade para fazer as listas, pois parece que as respostas negativas têm sido muitas. Ouvi este fim de semana na Calçadinha que alguns cidadãos daquela freguesia foram convidados pelo PSD e recusaram, mas que aceitaram fazer parte da lista de Rondão Almeida. Isso só mostra a falta de credibilidade do candidato da Coligação e dos responsáveis políticos do PSD e do CDS em Elvas.

Também Manuel António Torneiro que, desta vez, concorre pelo Partido da Terra, se apresentou há algum tempo, creio que até foi o primeiro a fazê-lo, também através de conferência de imprensa. Dificuldade em fazer listas é coisa que o amigo Manuel António nunca teve.

Veremos quem mais se perfila. Acredito que a CDU não deixará de apresentar candidato, assim como o Bloco de Esquerda que tem Luís Pedras como um promissor líder local. Parece que os que se diziam "independentes" não tiveram coragem ou capacidade para avançar como tal e, por isso, resolveram juntar-se à coligação.

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Música nas Igrejas de Elvas


Com entrada livre para todos, muita música clássica e sacra é o que a Câmara de Elvas nos promete na terceira edição de "A Música Encanta o Património". Os concertos tiveram início a 30 de Maio e prolongam-se até 12 de Setembro.

Este ano podemos assistir a nove concertos de grande qualidade, como é habitual nesta programação que aqui deixo para que os estimados leitores deste blogue não tenham desculpa para faltar. A maior novidade é que, pela primeira vez, e depois de ter percorrido quase todas as igrejas da cidade de Elvas, "A Música Encanta o Património" vai até às igrejas das freguesias rurais do nosso concelho:

- 30 de Maio (sábado), 18.00 horas, Elvas, Igreja da Misericórdia, Grupo Vocal Olissipo, interpretando os Responsórios da Semana santa, de Francisco Martins;
- 21 de Junho (domingo), 16.00 horas, Barbacena, Igreja Paroquial, professores da Academia de Música de Elvas interpretem música clássica;

- 27 de Junho (sábado), 11.30 horas, Vila Fernando, Igreja Paroquial, recital dos séculos XVI e XVII, pelo Coro Polifónico Eborae Mvsica, interpretam música sacra;

- 27 de Junho (sábado), 16.00 horas, São Brás, Igreja Paroquial, recital dos séculos XVI e XVII, pelo Coro Polifónico Eborae Mvsica, interpretam música sacra;

- 25 de Julho (sábado), 11.30 horas, Terrugem, Igreja Paroquial, Trio de Sopros de professores do Conservatório Regional de Évora, Eborae Mvsica, recital Mozart;

- 25 de Julho (sábado), 16.00 horas, Terrugem, Igreja Paroquial, Trio de Sopros de professores do Conservatório Regional de Évora, Eborae Mvsica, recital Mozart;

- 22 de Agosto (sábado), 11.30 horas, Santa Eulália, Igreja Paroquial, Trio de Sopros de professores do Conservatório Regional de Évora, Eborae Mvsica, recital Mozart;

- 22 de Agosto (sábado), 16.00 horas, São Vicente, Igreja Paroquial, Trio de Sopros de professores do Conservatório Regional de Évora, Eborae Mvsica, recital Mozart;

- 12 de Setembro (sábado), 21.30 horas, em Elvas, na Sé, música sacra, Coro Ricercare, num recital dos séculos XIX e XX.

domingo, 7 de junho de 2009

ELVAS FANTÁSTICA: Fogo-de-artifício no Aqueduto da Amoreira






Na noite de ontem, dia 6 de Junho, assisti a mais um espectáculo único e maravilhoso proporcionado pela Câmara de Elvas à população e às centenas de visitantes que se deslocaram à nossa cidade para o 1º Festival Ibérico do Marisco.

Refiro-me ao espectáculo de fogo-de-artifício com música (piromusical) sobre os arcos do nosso imponente Aqueduto da Amoreira. Que grande espectáculo junto de outro grande espectáculo! Que cenário… Nem tenho palavras para descrever tanta beleza.

Em compensação, deixo-vos as fotografias em primeira mão. Por elas não conseguem ter a dimensão da beleza a que pudemos assistir, mas ficam com uma pequena ideia, porque as imagens não conseguem abarcar toda a grandiosidade.

Mesmo com frio e chuva, este Festival do Marisco é já uma aposta mais do que ganha por parte da Autarquia elvense, sobretudo porque é um evento que tem trazido a Elvas muita gente de vários pontos de Portugal e milhares de espanhóis, que têm enchido não só os restaurantes do Festival, mas têm também afluído à restauração elvense que optou por não estar no recinto do certame; pese embora alguns dos detractores habituais continuem a tentar sujar com a sua política baixa tudo aquilo que se faz de positivo na nossa terra.

Bem-haja todos os que sabem desfrutar daquilo que é feito de boa fé no Concelho de Elvas.

Aos que não têm ideias nem capacidade de executar aquilo que faz falta, e aos que se limitam à crítica de baixo nível e a invejar aquilo que os outros são capazes de concretizar, só resta uma coisa: continuarem a viver com a sua dor de corno! Já estão habituados a essa vida triste de quem não sabe aceitar o sucesso dos outros e de quem não sabe trabalhar para o seu próprio sucesso sem atropelar o colega do lado.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

I Festival do Marisco em Elvas


O 1º Festival Ibérico do Marisco vai abrir amanhã em Elvas com um programa recheado que se estende até domingo, dia 7 de Junho.

O evento é verdadeiramente inovador no Alentejo e tem vindo a despertar a curiosidade de muitas pessoas, tanto de Portugal como de Espanha. Tenho amigos em ambos os países e nem imaginam a quantidade que já me telefonou a manifestar interesse em vir até Elvas neste fim de semana.

É mais uma actividade promovida pela Câmara Municipal que, com o seu espírito inovador, continua a dar bons exemplos.

Refira-se que, quer pela novidade, quer pelo facto de ter um programa com inúmeros espectáculos e até pirotecnia junto ao Aqueduto da Amoreira, este Festival Ibérico do Marisco é excelente para o comércio e para o resto da restauração elvense. Reconheça-se que tudo aquilo que se faça na nossa cidade que atraia visitantes, estimula a economia e contribui para o desenvolvimento económico. Espero que tudo corra pelo melhor.

Para quem estiver fora de Elvas, não deixe de vir até cá, porque o evento promete.
Se reside no nosso Concelho, lembre-se quem um dia não são dias, e que pelo menos uma vez no ano todos devemos ter direito a provar um camarãozinho e uma imperial fresquinha!



domingo, 24 de maio de 2009

PSD ausente do Património Mundial


No passado sábado a Câmara Municipal apresentou o dossiê técnico-científico da candidatura das Fortificações de Elvas a Património Mundial, numa sessão muito bem preparada, a que tive a feliz oportunidade de assistir.

No seu discurso inicial o Senhor Presidente Rondão Almeida foi forte e seguro nas palavras, transmitiu esperança mas sem criar falsas expectativas e deixou recados aos responsáveis nacionais pelo encaminhamento das candidaturas.

Destaco as declarações incisivas de apoio proferidas à hora de almoço pelo senhor Ministro da Cultura (que nesse mesmo dia reuniu com o Presidente) e que a Rádio Elvas difundiu.

Tal como as declarações do Ministro comprometem o Governo de Sócrates com esta candidatura, também a presença do Embaixador que dirige a as Relações Europeias pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros é mais um reforço deste mesmo apoio governamental, que registo com muita satisfação.

Talvez fosse bom que os responsáveis do PSD de Elvas, que são tão prontos a criticar o Governo do Eng. Sócrates, fossem igualmente rápidos e tivessem a capacidade de influenciar a líder do seu partido para proferir alguma declaração de apoio à candidatura das nossas Fortificações. Só assim ficaríamos a saber se a Dra. Manuela Ferreira Leite chegasse ao poder, apoiaria ou não esta candidatura a Património Mundial.

Mas como esse partido em Elvas anda mais preocupado em apresentar queixas contra a Câmara da nossa cidade, do que em trabalhar a favor do elvenses e perante falta que credibilidade que se reconhece no Senhor José Júlio Cabaceira dentro da estrutura nacional do PSD, nada de positivo haverá a esperar quanto a esta matéria.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Processo da Água: CONTINUA A TURVAR OS NEURÓNIOS DO CABACEIRA

Li hoje no site da CME uma nota de resposta ao PSD de Elvas sobre as suspeições que o seu dirigente, José Júlio Cabaceira, continua a lançar sobre o processo da concessão das águas. Como concordo com a concessão porque sou a favor do incremento da iniciativa privada e advogo que as empresas privadas, no geral, servem melhor os clientes do que o sector público, não resisto a transcrever-vos a mensagem camarária que é bastante esclarecedora.

Acho que o sr. José Júlio Cabaceira, depois das sete da tarde, quando escreve as suspeições, provavelmente à mesa do "café", fica com os neurónios turvos de meter tanta água! Onde já se viu um dirigente da direita contra a entrega de serviços aos privados? Os seus deputados municipais tiveram todo o processo da concessão nas mãos, segundo ouvi a membros da Assembleia, e não conseguiu provar nada em relação às suspeições que levanta! Ou tem mesmo os neurónios turvos da água ou de outros líquidos, ou é especialista na má fé!

Cá vai:

"A Comissão Política Concelhia de Elvas do PSD entendeu emitir um comunicado, no passado dia 4, onde condenou “a forma camuflada” como a Câmara de Elvas “omitiu a informação aos munícipes” e vai mais longe: afirma que “todo o processo da concessão da água a privados nasceu inquinado e levantou grandes dúvidas aos Elvenses sobre a transparência”.

O teor deste comunicado causou a maior admiração à Câmara Municipal de Elvas. Vindo de quem vem é, pelo menos, muito surpreendente, uma vez que o histórico dos autarcas do PSD, neste processo, não liga com um alegado nascimento inquinado nem suscita dúvidas sobre transparência.
Recorde-se que, na Assembleia Municipal de Elvas, a bancada do PSD votou a favor do lançamento do concurso de concessão da água, tal como PS e BE; deputados da CDU e CDS votaram contra. Lembre-se que, antes do lançamento do concurso, os partidos foram convidados a estar na Câmara, o PSD esteve presente e foi esclarecido. Acrescente-se também que, em sessão da Assembleia Municipal, a bancada do PSD felicitou a Câmara de Elvas pela forma como tratou e apresentou este assunto.

Os Elvenses devem estar informados e esclarecidos sobre os principais passos deste processo e fica a ideia da necessidade de avivar a memória a alguns responsáveis actuais do PSD de Elvas:

- foi lançado um concurso público internacional, amplamente difundido (publicado até no Jornal Oficial da União Europeia);

- chegaram à Câmara cinco propostas, oriundas de mais de cinco empresas (algumas concorreram em consórcio) especialistas em gestão de água;

- todo o processo de análise foi alvo de avaliação técnica da Câmara e contou com vários pareceres jurídicos da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, Gabinete Jurídico da Câmara e Instituto Regulador da Água e dos Resíduos (IRAR), a entidade nacional reguladora do sector;

- o concurso foi adjudicado à empresa Aqualia e esta decisão não mereceu, por parte de nenhum dos restantes quatro concorrentes, qualquer recurso para a Câmara ou para os Tribunais e possibilita concluir que o processo foi tratado com lisura, transparência e legalidade;

- todos os volumes deste processo foram enviados ao Tribunal de Contas, tendo esta entidade analisado o seu conteúdo, solicitado esclarecimentos e informado a Câmara Municipal de Elvas que a concessão não acarretava qualquer encargo para o Município e, por isso, não estava sujeita ao visto do Tribunal de Contas;

- foi assinada a consignação, tendo logo ficado previsto no contrato um período de transição meramente técnica;

- mais uma vez o IRAR foi consultado sobre o período de entrada em funcionamento da concessão e nada opôs, tendo a Câmara Municipal de Elvas, em reunião pública, aprovado o início da concessão para 1 de Maio de 2009.

A tentativa do PSD de Elvas para qualificar este processo como uma “forma camuflada” pode ainda ser desmentida com mais três factos atestadores da transparência pública dos procedimentos:
- em 16 de Maio de 2008, a Câmara Municipal de Elvas editou uma Folha Informativa, com 12.500 exemplares e distribuída em todos os endereços do Concelho, na qual dedicou a este assunto a sua contra-capa, através de uma entrevista esclarecedora do Vice-Presidente da Câmara, onde se deu conta dos objectivos, tramitação do processo e passos seguintes até à sua conclusão;
- vários trabalhadores transitaram da Câmara Municipal para a Aquaelvas, num processo aberto e tratado com antecedência evidente anterior a 1 de Maio;
- desde Abril, quer no sítio oficial da Câmara quer na Rádio, estão a ser difundidos anúncios e informações que dão conta do início da concessão na data de 1 de Maio.

Sobre este tema, a Câmara de Elvas reafirma aos munícipes do Concelho uma mensagem de tranquilidade: podem ficar descansados, pois a Autarquia não deixará de defender os seus interesses, no preço a pagar pela água e na qualidade de um serviço que continua a ser municipal."

Todos estamos esclarecidos... excepto o(s) senhor(es) dos neurónios "turvos".

terça-feira, 12 de maio de 2009

Conversa Fiada


Prometi que comentava a actividade das forças políticas no fim de semana. Cá vai.

Pelo que ouvi na comunicação social a diferença foi abismal entre a actividade do PS de Elvas e a da Coligação PSD/CDS.

Ouvimos os socialistas a falar de trabalho, de perspectivas de futuro, de procura de resolução de problemas em conjunto com os vizinhos espanhóis. Falaram de plataforma logística com a Delegada do Governo Espanhol, de Eurocidade, de serviços de saúde, educação, cultura. Ou seja, trabalho!

Também ouvimos o cabecilha da coligação PSD/CDS, sr. Simão das Dores, a falar do mesmo de sempre, da liberdade que diz que não existe mas que lhe permite dizer pela imprensa coisas que todos vimos que são falsas. Falou também do centro histórico que diz que está desértico, mas que depois os seus camaradas dizem que passearam pelas ruas e cumprimentaram muita gente... Enfim, conversa fiada!

Foi por coisas destas, pelo descrédito a que certos senhores da direita elvense, que até vieram de outras áreas políticas e tomaram de assalto partidos de renome nacional, que me afastei.

É por haver essas diferenças entre uma Câmara que trabalha e uma oposição tão fraca que perde todo o tempo a dizer mal, que o futuro do MUDE será o mesmo das coligações PSD/CDS anteriores...