quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

FAÇA-SE JUSTIÇA!


Já referi várias vezes neste blog o problema das ofensas e da baixeza das difamações. Eu próprio já fui vítima de atentados à minha dignidade quando um elemento que circula pela blogosfera teve a pouca vergonha de copiar o meu nome e o meu blog para usar isso contra a minha pessoa. Foi, aliás, um dos motivos que me levou a avançar com o blog Elvas Melhor e a mudar radicalmente a minha posição ideológica na sociedade elvense, porque como diz o povo “quem não se sente não é filho de boa gente”.

Ora, acabei de ler no site da Câmara o resumo da reunião de 5 de Janeiro, no qual é focado que “o Executivo analisou o conteúdo de uma Carta ao Director publicada no jornal Linhas de Elvas de 30 de Dezembro, subscrita pelo senhor Camilo Santos, e concluiu que no texto foram proferidas afirmações ofensivas para o bom nome e consideração devidos do Presidente da Câmara Municipal. Sobre o assunto, a Câmara decidiu solicitar, ao seu Gabinete Jurídico ou a um escritório de advogados, que elabore o processo e se apresente a respectiva queixa-crime, caso o Presidente da Câmara assim o deseje.”

Ao que apurei, a proposta foi apresentada pelo Vice-Presidente Nuno Mocinha e aprovada por unanimidade, com o próprio Presidente a não participar no assunto.

Parece que nesta matéria o artigo 180 do Código Penal é claro, quando estipula no seu nº1 que “Quem, dirigindo-se a terceiro, imputar a outra pessoa, mesmo sob a forma de suspeita, um facto, ou formular sobre ela um juízo, ofensivos da sua honra ou consideração, ou reproduzir uma tal imputação ou juízo, é punido com pena de prisão até seis meses ou pena de multa até 240 dias.”

Se o alegado crime for cometido através de meio de comunicação social e sendo o ofendido Presidente de Câmara, estipulam os artigos 183 e 184 do mesmo Código Penal que, tal agrava a pena a aplicar a quem praticou a ofensa.

Também já constatei que a referida carta foi reproduzida por um bloguista elvense, cujo blog tem por hábito atacar das mais diversas formas o Presidente da Câmara de Elvas e outros dos eleitos autárquicos.

Faça-se justiça… atempadamente!

12 comentários:

Anónimo disse...

Duma coisa ninguém tem dúvidas: gente que ofende e difama deve ir parar a tribunal e ser responsabilizada.
Acho muito bem e já o deviam ter feito há muito tempo. Já se tinha acabado com esses sem vergonha que pensam que podem mentir sobre os outros e difamar os políticos e suas famílias impunemente.
Se há justiça neste país, vão ter que ser bem castigados.

Manuel Bernardo disse...

Fazes muito bem Patrício.
Tratar dos assuntos com seriedade.
Não ofendes as pessoas nos teus posts, só se dizem factos e depois as autoridades julgam.
Não é como certos blogs em que insinuam e ofendem desde o post até aos comentários.

Manuel Bernardo

Anónimo disse...

"Tudo o que é necessário para o triunfo do mal, é que os homens de bem nada façam" - Edmund Burke;

É evidente que, todos aqueles que se sentem ofendidos ficarem quietos, calados, se nada fizerem cada vez mais aqueles que só pensam em fazer o mal, tem o caminho aberto para difamarem todos aqueles que honradamente exercem a sua actividade, neste caso pública.

Rondão Almeida, já foi investigado centenas de vezes e viu a sua vida privada devassada por queixas anónimas. Nada foi provado.

Contudo, há uma série de artolas que continuam insinuando coisas na falta de um projecto politico onde se sustenham para fazerem uma verdadeira oposição politica e não a ofença.

É bom que os tribunais julguem este tipo de comportamentos para de uma vez por todas, deixarem em paz as familias daqueles que, por sua opção se dedica à Causa Pública.

Felicito-o pela forma como o Sr. Patricio aborda as questões actuais da vida elvense, mesmo as mais delicadas, como é o caso.

Anónimo disse...

Claro que ninguém pode admitir ser ofendido e difamado e ainda ficar calado!

O banco dos réus é o sítio certo para pessoas que fazem essas maldades.

Se não sabem viver em sociedade nem em democracia, vão-se habituando porque acho que a partir de agora ninguém poupa essa gentinha de baixa moral.

Claro que para isso é preciso que os que ofendem não sejam indigentes, porque parece que há por aí um que é mesmo doente de todo e que assim que voltar a perder nas próximas eleições deve ir parar ao hospital psiquiátrico de Portalegre.

Manuel Fernandes disse...

A calunia, a maledicência e a mentira são as tácticas desta gente de extrema-direita que não está habilitada para viver num clima de democracia. Por isso mesmo têm que pagar pelo que dizem, porque em democracia há liberdade de opinião (precisamente o contrário do que eles queriam) mas há sobretudo respeito pelo outro!

Raquel Maria disse...

Há um tipinho de focinho sujo que tem um blog da má língua que já anda tão desesperado que diz carradas de mentiras todos os dias no blog dele.
Temos que ter pena desse pobre desgraçado que está pelas ruas da amargura.
A atitude dos desesperados é ir até ao ponto de se meter com a família do Presidente... o que revela por parte do gaiatola do blog e seus portinholeiros uma atitude de gentinha baixa, vil e raivosa, o verdadeiro significado de ESCUMALHA!
Gentalha "comum" a quem já nem o maninho gémeo dá importância, porque deve ter visto que os elvenses não querem saber do que escreve o cobardola infantil.

Raquel Maria

Xavier de Sousa disse...

Lançamento Oficial do Novo Site da "BRIGADA 14 JANEIRO" dia 17 de Janeiro às 17h na Sociedade 1ºDezembro (Azevia) com convidados especiais confirmados!

Cumprimentos

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

O PULHA

Todos nós temos um pulha na vida (o dicionário Aurélio define o termo como “indivíduo sem caráter, sem dignidade, sem brio”). Ele é a pessoa que tenta se destacar mais, quando lutamos para afirmar nossas identidades, nossos sonhos, nosso lugar no mundo. De repente o pulha está ali: tenta sempre líderar, e que se acha o mais bonito, mais inteligente, mais capaz de enfrentar os desafios do futuro.
Para se manter nesta posição, ataca nossa auto-estima: quer nos fazer acreditar que somos feios, sem graça, sem futuro, e que todos devíamos-nos espelhar nele e na sua maneira de liderar impõe-se à a força bruta ou por atitudes “espertas”, como se soubesse mais que todo mundo.
O pulha olha com um certo ar de superioridade, e procura ditar as normas. Embora não saibamos, estamos dando ao pulha o poder que ele não tem e não merece, e este será o único momento da vida que conseguirá brilhar sua luz efêmera.De Resto o PULHA ESTÁ MORIBUNDO …. E MORRE POR FIM…

GRAÇAS A DEUS.

Anónimo disse...

Esta PULHICE DO PULHA que vem ao blog do Patrício deixar esta história sobre o Portinholas é do piorio.
Já vi que o Patríco o apaga várias vezes mas o PULHA que todos sabemos ser o má língua de todos os blogs e que não sabe fazer mais nada na vida, insiste e vai de escrever a mesma pulhice sobre si próprio. É uma espécie de reflexão sobre a sua via.
É este tipinho de gentalha que procede desta maneira birrenta, desrespeitosa e ordinária, que continua a insinuar e a difamar pessoas responsáveis.
Portinholas desaparece para o teu PASQUIM. Vai escrever naqueles que te dão espaço. Aqui ninguém te quer.
Patrício mete-o no lixo outra vez.

Anónimo disse...

É apenas a caracterização de um Pulha.
Cada um considere o Pulha que quiser.Cá pra mim em Elvas só há um.

Anónimo disse...

O Portinholeiro e mais nenhum