quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Premiados do "Património nas Tuas Mãos"


O Concurso “O Património nas Tuas Mãos”, promovido pelo Município de Elvas teve como objectivos despertar a sensibilidade para o património do Concelho de Elvas, criar a consciência do seu valor e fomentar o respeito pela herança cultural, através da fotografia, pintura e escultura.

Os prémios, entregues pelo Senhor Presidente Rondão Almeida na semana passada, na presença de mais de uma centena de pessoas, até eram apetecíveis, indo desde os 150 euros até aparelhos de MP4.

Teve duas edições, uma primeira dirigida apenas à Juventude e uma segunda destinada a maiores de 18 anos. Ainda assim não houve concorrentes para a modalidade de escultura. Na procura de envolver as empresas na actividade cultural e social do Concelho, que tem dado bons resultados, a Câmara contou com o apoio da Elvaservice e da KattyGraf.

Na apreciação dos trabalhos concorrentes, que se encontram expostos na Biblioteca Municipal de Elvas, o júri teve em conta a criatividade, a execução técnica e a originalidade, face aos quais os premiados foram:

Modalidade de Fotografia: 1.º prémio, José Abel Correia Dias; 2.º prémio, Vítor Manuel Rodrigues Mascarenhas e 3.º prémio, Hélder Manuel Lopes Afonso;

Modalidade de Pintura: 1.º prémio, Sálvio Rodrigo Salabarda Garrido; 2.º prémio, Max Micael Conceição Pinheiro; e 3.º prémio, Daniel Filipe Carvalho Santinhos.

Parabéns à autarquia pela iniciativa em prol do património elvense, merecendo também realce o facto de ter conseguido envolver os jovens, pois de entre os seis premiados, acho que uns cinco terão menos de 20 anos.

10 comentários:

Elvascidade disse...

Parabéns pela iniciativa.

Anónimo disse...

Tiago Abreu, vulgo Paulinho Portinholas na blogosfera elvense, esse verdadeiro Educador da Classe Política Elvense, teve ontem mais uma das suas ideias brilhantes: pediu a demissão de Rondão Almeida!

Dentro dos princípios portinholeiros desenvolvimentistas que o atormentam, Abreu tem razão: é a única forma que descobriu para afastar Rondão Almeida do cargo de presidente da Câmara Municipal de Elvas, cargo que ocupa após uma eleição e três reeleições, sempre por números de goleada.

Por outro lado, dentro dos princípios STALinistas da dupla Vieirinha & Pepone, Tiago também tem alguma razão: como se sabe, o desemprego é um problema exclusivo de Elvas, como diz o STAL; por aqui, fecham empresas todos os dias; no resto do País e do mundo, é um abrir de novos empreendimentos por todo o lado.

E há mais: de acordo com os princípios dos ADE-IR (Aliança Democrática de Elvas, Inimigos do Rondão), do Simão Dorido, familiares e amigalhaços das jantaradas mensais, a questão tem sustentação: ameaçado por esse candidato formidável das Dores, Rondão só demitindo-se evita uma derrota humilhante…

Por fim: o dia foi bem escolhido por Portinholas!
Na mesma tarde em que a comissão de recandidatura de Rondão Almeida apresentou mais de 5 mil assinaturas (entre elas o dr. Melo e Sousa e a enfermeira-parteira Rosamaria, dois ex-sócios de Tiago em lutas estéreis e derrotas anunciadas…), a miniatura elvense de Paulo Portas pedia a demissão do presidente da câmara.

Enfim, quem nasce lagartixa nunca chega a jacaré.
Por isso, há os que nascem para perder e habituam-se a viver da má língua..
Tal como há aqueles que nasceram para ser vencedores e têm o apoio da maioria das pessoas.
Uns têm Vidas; outros… vidinhas.

Xavier de Sousa disse...

Elvas precisa urgentemente de valorizar o seu património!!! Iniciativas como esta ajudam! Penso que deve chegar a todos os elvenses o apelo que desta temática (Património e Cultura) poderão surgir novos benefícios para uma cidade como a nossa em que o sector primário poderá estar em decadência para não falar do colapso/inexistência do secundário, como tal sobra-nos a prestação de serviços! Pois que sejamos bons naquilo que melhor sabemos fazer!

Cumprimentos

Joca Manaças disse...

A Câmara de Elvas tem sabido muito bem valorizar o património.
É aliás um excelente exemplo disso.

Foram recuperados centenas de prédios no centro histórico, foram recuperadas e até reconstruídas igrejas (como a de N. Sra. da Ventosa e a de S. Lourenço, por exemplo).

O Convento de S. Francisco que estava em ruinas foi recuperado e ainda meteram lá o Arquivo Histórico Municipal cujos documentos tinham sido deixados por outros presidentes e outras vereadoras do antigamente no chão de uma sala da decadente biblioteca.

Esta Câmara Recuperou o Convento Jesuita e transformou a biblioteca pequenina, velha, decadente, numa das maiores bibliotecas do país, moderna e frequentada diariamente por centenas de jovens e adultos.

O antigo Hospital da Misericórdia, desactivado e abandonado em pleno centro histórico foi recuperado por Rondão Almeida e transformado num dos mais conceituados museus de Arte Contemporânea do nosso País e da Península Ibérica, que traz centenas de novos turistas a Elvas. E ainda aproveitou para abrir ao público o Paiol de N. Sra. da Conceição que os elvenses nem sequer conheciam!

E há muito, muito mais.

Se isto não é fazer nada pelo património elvense e seu aproveitamento, gostava de saber que aproveitamento fizeram antes de Rondão Almeida!

Cumprimentos.

Anónimo disse...

Ó anónimo das 10:44 o Tiago Abreu deu o que tinha a dar! Já não passa da má língua e já ninguém lhe liga por mais que escreva baboseiras.

Passou à história.
Credibilidade Zero.
Trabalho feito Zero.
Lugar na lista da coligação ADE, abaixo da linha de água.
Resultado em Outubro: cada vez mais próximo de zero.

Deixem-no andar...

Anónimo disse...

Rondão Almeida ontem junto a sua comissção de apoio à recandidatura.
Já tem mais de 5 mil assinaturas de apoiantes recolhidas em menos de 1 semana.
Desta vez é que os Portinholeiros vão ser reduzidos a pó! Nem lhes vai servir andarem a ameaçar os simpatizantes do PSD e do CDS qua apioam Rondão.

Anónimo disse...

Muito bem pensado para ligar a juventude ao património de Elvas.
Boa iniciativa.

Joaquim Estalagem disse...

Excelente o trabalho da Câmara de Elvas em prol da cultura!
Estão de parabéns.

Os elvenses devem ter orgulho da sua autarquia.

Miguel Pascual disse...

Conheço várias pessoas que já me garantiram que vão concorrer este ano a este concurso. Gostaram muito do que viram nesta edição.

Muito bem pela promoção da cultura e do património. Boas acitividades senhor Rondão de Almeida.

Marco Machado disse...

Paulinho Portinholas continua a ofender e a confrontar aqueles que apoiam a excelente obra de Rondão Almeida!

A democracia desses tipos da ADE=PSD+CDS+STALinistas só deve existir quando é para criticarem a Câmara e o senhor Presidente da Câmara.

Quando há pessoas a dizer bem daquilo que é bom e bem feito em Elvas, aparecem logo esses Portinholeiros pseudo-desenvolvimentistas a espalhar veneno, a ofender pessoas e a meter medo a todos aqueles que querem reconhecer o bem!

O medo de que o senhor António das Dores falava com o senhor João Fernando é este: é o medo que os deles querem meter a todos os que concordam com o senhor Presidente da Câmara.

À medida que se vão aproximando as eleições o ódio dessa gente e a linguagem depravada vai aumentando...

Tenham calma.
Marco Machado