sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Caixa do Correio - ELVAS EM BOAS MÃOS!


Hoje deixo-vos com um texto que recebi de um deputado da Assembleia Municipal de Elvas, que me enviaram para publicação. Tenho mais algumas cartas dos frequentadores desta blog, com pedido de publicação, que aqui vos deixarem no futuro. Já vos tinha dito que o prometido é devido, por isso cá vai o primeiro, ficando à vossa disposição e agradeço a todos os que comentam os meus posts:


"Estamos praticamente no Natal e parece que o Concelho de Elvas e os Elvenses têm sido bem prendados. O mês passado, o mês presente e os tempos que se seguem fazem-nos crer mais uma vez que Elvas está de parabéns e agradece esse facto tanto ao poder local como ao poder central.

As urgências do hospital não vão perder valências, a área dos protocolos de saúde com Badajoz parece resolvida, a estação do TGV já sabemos que fica no Caia, uma nova prisão em Vila Fernando com 200 novos postos de trabalho, o reforço e conversão da secção de Elvas da PSP em divisão, um novo lar em Santa Eulália e uma creche na Belhó, um parque infantil no bairro de São Pedro.

Ao nível do turismo, a promoção de Elvas em Espanha com efeitos imediatos e milhares de pessoas na nossa cidade logo no fim-de-semana que se seguiu, igrejas abertas para os turistas, a pista de gelo cheia, iluminação de Natal, climatização nas ruas e ecopontos subterrâneos.

E isto não surge por acaso: é que por sinal temos um Primeiro-Ministro que afinal até nos ouve, temos um grande Presidente da Câmara que trabalha incansavelmente pelo nosso Concelho, e também algumas destas acções foram fruto de boas conversações que a Câmara manteve em diversas reuniões com comerciantes, com profissionais de saúde, com profissionais da área do turismo e com a juventude.

E é também por esses encontros com a juventude que tenho que louvar e agradecer à Câmara Municipal de Elvas na pessoa do seu Presidente, em nome da Juventude Socialista, por ouvir os mais jovens do nosso concelho, não só nestas últimas reuniões, mas como sempre tem ouvido ao longo destes 15 anos e pelo que tem feito por esta faixa etária. Senhor Presidente, eu ainda sou novo, mas lembro-me de como na minha escola primária se passava frio, lembro-me de como as mesas e as cadeiras estavam partidas e as portas arrombadas.
Hoje é bem diferente: salas climatizadas, actividades de enriquecimento curricular, serviços educativos nas instituições, livros gratuitos para os mais necessitados e agora um portátil para todos os alunos.

Agora há também os bares do Coliseu. Ainda não passou um mês e meio desde a abertura dos quatro bares exteriores do Coliseu, mas este tempo já é suficiente para se poder garantir três coisas: ganhou-se um espaço de qualidade, com bom acesso e estacionamento garantido; a juventude, especialmente esta, ganhou um novo espaço de diversão até altas horas da madrugada; e os residentes da Cidade-Jardim ganharam direito às suas horas de descanso como qualquer outro morador deste Concelho.

De uma assentada, a Câmara Municipal de Elvas teve a visão de resolver vários problemas.
E ainda estamos no tempo frio… deixem vir a Primavera e o Verão, para assistirmos a verdadeiras multidões a usufruir de um espaço verdadeiramente agradável.

Estranho apenas uma coisa. Temos aqui um partido político especializado em blogues, comunicados e conferências de imprensa, mas ainda não se deu por ele. Andará distraído? Não lhe interessa falar? Está proibido de apoiar uma medida da Câmara?

Pouco interessa encontrar uma explicação. O que é importante para os Elvenses é que mais este projecto da Câmara Municipal de Elvas tenha vindo ao encontro do desejo e dos gostos da população, mais e menos jovem.

Obrigado a todos que contribuíram com esta boa ideia, já comprovada em menos de mês e meio. Aos profissionais da má-língua, um conselho: virem-se para outro lado. Este já não dá.

Mas também já sei o que vai dizer a oposição a todas estas realizações dos últimos meses, que são transversais a todos os aspectos da sociedade: do turismo à juventude, passando pela acção social e pela cultura: ou assobia para o ar e inventa um qualquer problema, ou então diz que para o ano é ano de eleições e é por isso que tanta coisa acontece.

Dois erros: a oposição não serve para inventar problemas, mas para os ajudar a resolver e o argumento das eleições é ridículo, uma vez que no nosso Concelho trabalha-se todos os dias para ter realizações destas ao longo de todos os meses que dura o mandato e é isso que deixa os Elvenses descansados, porque têm uma equipa que trabalha diariamente por eles, sem ter em conta se há eleições, mas sim tendo em contra os Elvenses e as suas aspirações porque é para eles que todos devemos lutar por um concelho melhor,

Muito Obrigado,
Rui Jesuino"

7 comentários:

Anónimo disse...

23 MILHÕES DE EUROS NO SAPATINHO

Secretário de Estado do Ordenamento do Território e das Cidades hoje em Elvas para homologar os projectos relacionados com o programa Política de Cidades – Parcerias para a Regeneração Urbana. Um conjunto de obras e projectos que se sintetizam assim:
- conclusão da Circular à Cidade, uma via fundamental de acesso às diversas áreas residenciais de Elvas;
- recuperação da zona do miradouro da Parada do Castelo;
Viaduto
- reabilitação do Jardim das Laranjeiras e das áreas envolventes ao Viaduto e à Igreja de Nossa Senhora da Nazaré;
- 6ª fase das Infra-Estruturas do Centro Histórico, com substituição de redes de água e esgotos, pavimentos, passeios e áreas de lazer;
- instalação da distribuição de sinal de televisão por cabo, no Centro Histórico;
- 1ª fase do arranjo dos fossos das muralhas seiscentistas;
- apoio a actividades culturais, como sejam Carnaval Internacional, feira Medieval e Festival Internacional de Folclore;
- criação de novos roteiros e circuitos urbanos, com finalidades turísticas;
- iluminação de monumentos;
- construção de um Centro Interpretativo do Património.
Ao todo, estamos a falar de um investimento que anda à volta de 10 milhões de euros!
Em tempo de dificuldades, Elvas orgulha-se destes projectos!

Mas Elvas tem (concluídas, em curso ou em projecto) outras obras de grande relevância:
- construção de Centro Social da Belhó e Raposeira;
- envolvente ao Polidesportivo Municipal e aos prédios, no Bairro de São Pedro;
- novos parque infantil e zona de lazer, na Quinta dos Arcos;
- estacionamento automóvel entre o Bairro Europa e a Quinta dos Arcos;
- nova zona de lazer, na Fonte Nova;
- parque infantil e zona de lazer, no Revoltilho;
- zona de lazer e parque infantil, no Olival do Sena;
- zona de lazer e parque infantil, na Quinta do Paraíso;
- zona de lazer e parque infantil, na Fonte da Prata;
- beneficiação de três ex-estradas nacionais;
- beneficiação das estradas municipais Elvas-Ajuda e Terrugem-São Romão;
- três novos relvados nos campos de futebol de Vila Boim, Santa Eulália e Vila Boim;
- instalação de microclima nas ruas de maior movimento comercial;
- instalação de contentores subterrâneos, para recolha de lixo, no Centro Histórico;
- novo Pavilhão Multiusos de Barbacena;
- Residências Autónomas da APPACDM de Elvas;
- Lar, Infantário e Cuidados Continuados da Cruz Vermelha Portuguesa;
- e novo Lar da Terceira Idade, em Santa Eulália.
Tudo isto se aproxima de 13 milhões de euros.

Somados aos 10 milhões de euros da primeira parte, chegamos a 23 milhões de euros.
É assim que se trabalha em Elvas, com apoio do Governo!
Esta é prenda de Natal para os portinholeiros desenvolvimentistas, para os STALinistas (Viery & Pepy), para os ADE-IR (Aliança Democrática de Elvas, Inimigos do Rondão), para o CDS-PP (de Paulinho Portinholas) e para o PSD (do Caba Quê?...).

Anónimo disse...

Nem mais... Realmente paulinho portinhola não deve andar bem. tudo lhe corre mal. Agora até o governo resolveu dar-nos ouvidos imagone-se lá! vah, meu menino ponha lá essa cabecinha a funcionar e invente outras histórias senão vai ser o fim da sua "carreira", da aldrabice é claro!

Anónimo disse...

Mais uma demonstração que há muitos elvenses que não partilham das opiniões que saiem no Linhas de Elvas. Grande texto de um elvense que se preocupa com a nossa cidade!

Anónimo disse...

Há quem se preocupa com a nossa cidade! Parabéns!!

Anónimo disse...

o Linhas de Elvas é toda a oposição junta e não passa aquilo que a maioria dos elvenses quer e pensa.
Querem influenciar a população a pensar e a dizer mal do Presidente da Câmara.
E para adoçar a boca ao Presidente agora parece que foi entrevistar-lhe a esposa. O director do jornal é um cínico, que tem aversão a Rondão Almeida mas deseja os muitos euros da publicidade da Câmara e usa todas as artimanhas para ir tentanto deitar abaixo o homem.
Bateu à porta certa...

Anónimo disse...

DOENTE TAMBÉM NO NATAL

Paulinho Portinholas continua doente; nem o espírito natalício o alivia; continua como sempre – boateiro, mentiroso, mal-educado, insinuador…
No post do seu blogue da má-língua, sobre o TGV, fala sobre a passagem e paragem da alta velocidade no concelho de Elvas. Nem se entende bem o que pretende, mas parece que o portinholeiro desenvolvimentista deseja que a linha passe fora do concelho. Assim a modos que vem de Lisboa, vai a Évora, quando chega a Elvas dá uma curva até Portalegre, baixa a Badajoz e dirige-se a Madrid. Se Paulinho Portinholas mandasse nos governos de Portugal e Espanha seria assim: para Elvas, nada!
Com as tristezas do CDS-PP (Com Desenvolvimento Sindical, Paulinho Portinholas) e dos ADE-IR (Aliança Democrática de Elvas, Inimigos do Rondão), os Elvenses ficam felizes! Ainda bem.
O tal homem está doente.
Continua doente.
Gravemente.
Nem o Natal lhe alivia a maleita.

Daniel da Silva disse...

É assim mesmo!!! até que enfim um comentário diferente dos que estamos habituados a ler no "Linhas", como é possível um jornal da nossa terra estar sempre do contra, quando devia realçar tudo o que se faz de bom no concelho e não ditar abaixo que trabalha por melhorá-lo; e o resultado está à vista, Elvas nos últimos 14/15 anos passou do 8 ao 80, sendo cada vez mais agradávl de visitar e de viver, porque existem vários pontos de interesse e o aspecto físico da cidade foi bastante melhorado e é agradável de se ver. Aposto na continuidade porque só assim podemos atingir os objectivos propostos por uma câmara que tudo faz em prol de Elvas e dos elvenses sem demagogias baratas e com os pés bem assentes na terra!
Abraços