quinta-feira, 14 de maio de 2009

Processo da Água: CONTINUA A TURVAR OS NEURÓNIOS DO CABACEIRA

Li hoje no site da CME uma nota de resposta ao PSD de Elvas sobre as suspeições que o seu dirigente, José Júlio Cabaceira, continua a lançar sobre o processo da concessão das águas. Como concordo com a concessão porque sou a favor do incremento da iniciativa privada e advogo que as empresas privadas, no geral, servem melhor os clientes do que o sector público, não resisto a transcrever-vos a mensagem camarária que é bastante esclarecedora.

Acho que o sr. José Júlio Cabaceira, depois das sete da tarde, quando escreve as suspeições, provavelmente à mesa do "café", fica com os neurónios turvos de meter tanta água! Onde já se viu um dirigente da direita contra a entrega de serviços aos privados? Os seus deputados municipais tiveram todo o processo da concessão nas mãos, segundo ouvi a membros da Assembleia, e não conseguiu provar nada em relação às suspeições que levanta! Ou tem mesmo os neurónios turvos da água ou de outros líquidos, ou é especialista na má fé!

Cá vai:

"A Comissão Política Concelhia de Elvas do PSD entendeu emitir um comunicado, no passado dia 4, onde condenou “a forma camuflada” como a Câmara de Elvas “omitiu a informação aos munícipes” e vai mais longe: afirma que “todo o processo da concessão da água a privados nasceu inquinado e levantou grandes dúvidas aos Elvenses sobre a transparência”.

O teor deste comunicado causou a maior admiração à Câmara Municipal de Elvas. Vindo de quem vem é, pelo menos, muito surpreendente, uma vez que o histórico dos autarcas do PSD, neste processo, não liga com um alegado nascimento inquinado nem suscita dúvidas sobre transparência.
Recorde-se que, na Assembleia Municipal de Elvas, a bancada do PSD votou a favor do lançamento do concurso de concessão da água, tal como PS e BE; deputados da CDU e CDS votaram contra. Lembre-se que, antes do lançamento do concurso, os partidos foram convidados a estar na Câmara, o PSD esteve presente e foi esclarecido. Acrescente-se também que, em sessão da Assembleia Municipal, a bancada do PSD felicitou a Câmara de Elvas pela forma como tratou e apresentou este assunto.

Os Elvenses devem estar informados e esclarecidos sobre os principais passos deste processo e fica a ideia da necessidade de avivar a memória a alguns responsáveis actuais do PSD de Elvas:

- foi lançado um concurso público internacional, amplamente difundido (publicado até no Jornal Oficial da União Europeia);

- chegaram à Câmara cinco propostas, oriundas de mais de cinco empresas (algumas concorreram em consórcio) especialistas em gestão de água;

- todo o processo de análise foi alvo de avaliação técnica da Câmara e contou com vários pareceres jurídicos da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, Gabinete Jurídico da Câmara e Instituto Regulador da Água e dos Resíduos (IRAR), a entidade nacional reguladora do sector;

- o concurso foi adjudicado à empresa Aqualia e esta decisão não mereceu, por parte de nenhum dos restantes quatro concorrentes, qualquer recurso para a Câmara ou para os Tribunais e possibilita concluir que o processo foi tratado com lisura, transparência e legalidade;

- todos os volumes deste processo foram enviados ao Tribunal de Contas, tendo esta entidade analisado o seu conteúdo, solicitado esclarecimentos e informado a Câmara Municipal de Elvas que a concessão não acarretava qualquer encargo para o Município e, por isso, não estava sujeita ao visto do Tribunal de Contas;

- foi assinada a consignação, tendo logo ficado previsto no contrato um período de transição meramente técnica;

- mais uma vez o IRAR foi consultado sobre o período de entrada em funcionamento da concessão e nada opôs, tendo a Câmara Municipal de Elvas, em reunião pública, aprovado o início da concessão para 1 de Maio de 2009.

A tentativa do PSD de Elvas para qualificar este processo como uma “forma camuflada” pode ainda ser desmentida com mais três factos atestadores da transparência pública dos procedimentos:
- em 16 de Maio de 2008, a Câmara Municipal de Elvas editou uma Folha Informativa, com 12.500 exemplares e distribuída em todos os endereços do Concelho, na qual dedicou a este assunto a sua contra-capa, através de uma entrevista esclarecedora do Vice-Presidente da Câmara, onde se deu conta dos objectivos, tramitação do processo e passos seguintes até à sua conclusão;
- vários trabalhadores transitaram da Câmara Municipal para a Aquaelvas, num processo aberto e tratado com antecedência evidente anterior a 1 de Maio;
- desde Abril, quer no sítio oficial da Câmara quer na Rádio, estão a ser difundidos anúncios e informações que dão conta do início da concessão na data de 1 de Maio.

Sobre este tema, a Câmara de Elvas reafirma aos munícipes do Concelho uma mensagem de tranquilidade: podem ficar descansados, pois a Autarquia não deixará de defender os seus interesses, no preço a pagar pela água e na qualidade de um serviço que continua a ser municipal."

Todos estamos esclarecidos... excepto o(s) senhor(es) dos neurónios "turvos".

6 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

O cabaceira quando foi Vereador, por três semanas, também teve o processo das águas todo à disposição para consulta. E agora tem o descaramento de vir insinuar e criticar sem fundamento! O homem não pode ser sério!

Anónimo disse...

Sabem que o Eurico tem tanta vergonha como o Tiago Abreu?? Ou será medo do Toago Abreu?? Afinal o que andaram eles a fazer juntos quando estavam coligados??

Digo isto porque sei que a semana passada, depois de tudo o que escreveram e disseram um do outro na semana anteriro; o Eurico resolveu telefonar ao Tiago a perguntar se a filha deste estava melhor da gripe!!!!!
Bonito gesto para dois amigos. Mas uma falta de personalidade do Eurico porque tinha acabado de tratar o Tiago como um "vilão"!!

Afinal quem é o vilão? Serão os dois iguais? Estariam juntos na mesma história?

Boa Eurico! És muito inteligente!... Pode ser que ainda vás a tempo de ter um lugar na lista do CDS.Estás em saldo e o PSD-CDS não consegue gente suficiente para completar as listas...

AZAR DO TIAGO disse...

Mas que treta é esta sobre o Eurico?

Eu o que li foi o Tiago Abreu a tentar enxovalhar o Eurico ontem no seu bog lixeiro!
O Tiago anda a tentar meter a Drª Elsa Grilo contra o Eurico e vice-versa, porque lhe custa muito saber que os dois trabalham muito bem juntos!

Por mais que custe ao Tiago, o Turismo e o Património jogam bem juntos e interligam-se em muitos aspectos, o que leva a que os dois vereaodres tenham que se complementar nestes sectores.

Azar do Tiago... O Eurico já foi parvo quando acreditou nele, mas isso foi doença que já lhe deve ter passado, porque o Eurico gosta mais de quem dá a cara frente a frente como a Drª Elsa do que quem lhe envia SMS anónimos como o tipo que foi identificado pelo Ministério Público.

Anónimo disse...

Cito palavras descritas no semanario linhas de elvas pelo sr vereador Eurico Candeias q definem o sr Cabaceira e o parasita da sociedade Tiago Abreu: "Cabaceira é um noitibó e tago Abreu da pulos parece um saguin" isso diz tudo...loool pessoas que não teem credibilidade nenhuma...